segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Assembleia de Deus - Rumo ao Centenário

Assembleia de Deus - Rumo ao Centenário

No embalo das festividades que visam comemorar o centenário das Assembleias de Deus no Brasil, gostaria de postar este belo hino regravado pela dupla Célia Sakamoto e Vanilda Bordieri.
Vale a pena escutar!

sábado, 27 de novembro de 2010

Blog Atalaia da Paz indica: Bíblia de Estudo Dake e Bíblia de Estudo Apologética

Blog Atalaia da Paz indica: Bíblia de Estudo Dake e Bíblia de Estudo Apologética

Bíblia de Estudo Dake
Quero, de início, esclarecer que não venho através deste post, reacender o conflito que permeia a questão da Bíblia de Estudo Dake. Longe de mim esteja colocar mais lenha na fogueira. O intuito deste blog não é este, é, antes de tudo, um modo de levar a Palavra de Deus a todos, oferecendo subsídios e ferramentas àqueles que desejam manejar bem a Palavra da verdade (2 Tm 2.15).
Indico a Bíblia Dake por vários motivos, dentre eles a qualidade da maioria do escritos e ferramentas nela existente, como por exemplo algumas palavras do original hebraico e grego, posso citar também os estudos específicos que podem dar ao leitor e amante das Escrituras excelentes argumentos. E apesar de muitos erros que a rondam, devemos lembrar o que diz o apóstolo Paulo em 1 Tessolonissenses 5. 21 e em 1 Coríntios 2.15.
Devemos sugar o que é bom e rejeitar o que faz mal.
E posso sustentar meu argumento de que a Bíblia Dake é uma excelente ferramenta, dizendo o que muitos defensores disseram na época, que qual obra de cunho humano não contêm erros? Somente o texto Sagrado, a Bíblia, não as contêm, visto que foi feita debaixo da inspiração divina.
Portanto, aos leitores e obreiros da seara do mestre que desejam subsídios para manejarem bem a Palavra da verdade, indico a Bíblia de Estudo Dake, editada pela CPAD, sendo encontrada nas melhores livrarias do país.




Bíblia de Estudo Apologética

Creio que para um bom amante das Escrituras Sagradas, uma boa biblioteca é imprescindível. Visto que não se pode faltar em suas prateleiras grandes ferramentas de estudo.
E torna-se indispensável que o estudante cuidadoso, tenha incluído no seu acervo grandes obras como a Bíblia de Estudo Apologética.

Adquiri-a recentemente e, modéstia a parte, é uma das melhores bíblias que já tive a oportunidade de possuir. 
Com excelentes comentaristas, a Bíblia Apologética traz estudos de suma importância para aqueles que desejam ter argumentos bíblicos para refutar as seitas. 
Ratifico, todo grande estudioso da Palavra de Deus deve ter essa ferramenta.
A Bíblia Apologética é uma produção do ICP, Instituto Cristão de Pesquisas. Pode ser encontrada em livrarias de todo o país ou o leitor pode entrar em contato com o ICP e adquirir a sua, vale lembrar que o preço é bem acessível. 


Cordialmente,

Weder F. Moreira

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Os Hinos Antropológicos e a escassez da adoração

Os Hinos Antropológicos e a escassez da adoração


Nos últimos anos os hinos tiveram - e ainda tem -  papel importantíssimo em nossos cultos.
Louvores a Deus sempre foram agradáveis e edificantes em nossas igrejas, pois, através deles agradecemos ao Todo-Poderoso por tudo que Ele tem feito e irá fazer por nós.
Entretanto, de uns tempos para cá, as coisas começaram a se desvirtuar. Hinos "novos" começaram a surgir, trazendo consigo novas doutrinas, e sem nos aperceber estamos caindo em plena contradição com a Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, nossa maior regra de fé e regimento.

Sabemos muito bem que cantarmos a Deus é parte do culto, está inerente as liturgias cristãs (I Co 14.26). Contudo, não podemos deixar de mencionar que existem alguns hinos que estão fugindo do teor objetivado de adoração e louvor. São os chamados hinos antropológicos ou antropocêntricos.

Faz-se necessário desenvolver o significado da palavra antropologia para melhor acepção, para isto recorro ao excelente dicionário Aurélio, que diz: O estudo ou reflexão acerca do ser humano, do que lhe é específico. Essa palavra é a junção das palavras gregas anthropo - homem e logos - ciência ou estudo. 
Então quando estamos dizendo hinos antropológicos, estamos falando que são os hinos que visam apenas o ser humano e suas ações.

A verdade é que os hinos de hoje, geralmente, abrangem apenas o lado do ser humano. Muitas bençãos para o homem, nada de louvor a Deus, muitas vitórias para o homem, nada de adoração a Deus. Quase sempre, nesses hinos, é o ser humano que vai receber algo de Deus. Nunca o contrário, nunca o homem entregando a Deus sua oferta de louvor e adoração. Fico observando alguns hinos, chega a ser irônico, mas, existem alguns hinos que são verdadeiras epopéias humanas: você vai vencer, vai derrubar as muralhas, quebrar os grilhões, derrubar os muros, quebrar as armas do inimigo, destruir cidades, andar sobre as águas, sobre o fogo, tudo na unção de Deusssss... Nada contra hinos desta estrutura, mas, nessa hipopética frase vê-se um exemplo clássico, citam o nome de Deus apenas no final, parece até desleixo, um descaso.

Hinos deste estereótipo, fazem parte do seleto grupo de músicas, apenas isso. Músicas! Não são louvores, são apenas melodias misturados com letras meramentes humanas que visam alegrar o homem, elevar sua autoestima. Louvor e adoração são substantivos que passam longe desse tipo de hino.
Louvar a Deus é engrandecer o Seu nome, glorificá-lo, exaltá-lo, bendize-lo. Haja vista ser Ele o único merecedor de glórias e louvores (Salmos 48.1; Ap 4.11).
Adorá-lo vai muito além de louvar. Apesar de  em algumas passagens da Bíblia, louvor e adoração serem equivalentes, a Palavra de Deus trata ambos distintamente (2 Crônicas 20).
Segundo o pastor Ciro Zibordi: Adoração está ligada a nossa postura de humildade e submissão ao Senhor. Ele ainda prossegue dizendo: Louvar não é apenas cantar; envolve tudo que já em nós (Salmos 103.1,2).

Todavia, a maioria dos hinos de hoje, levam esses pressupostos inversamente. Trazendo uma mensagem contrária à Palavra de Deus. Está, antes ser servido e depois, bem depois, se possível nunca, servir, adorar, louvar.
Quão escassos estão os verdadeiros adoradores. Quando lemos no Evangelho Segundo escreveu João, no capítulo 4 e versículo 23, vemos algo um tanto intrigante:
"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem." Isso mostra que se o Pai busca aqueles que adoram verdadeiramente, então existem aqueles que adoram falsamente. Será que os adeptos dos hinos antropológicos se enquadram nesse crivo? Provavelmente sim!

Após a avalanche de hinos antropocêntricos, hinos que louvam e adoram a Jesus tornam-se quase raridade. Que pena! Sinto saudades de hinos como: Ao único, que é digno de receber, a honra e a glória, a força e o poder. Ao rei eterno, imortal, invisível, mas real, a Ele ministramos o louvor.

Ora, irmãos, não fomos feitos para sermos servidos pelo Deus Todo-Poderoso, não. Somos feitos para adorarmos a Ele, glorificarmos a Ele (Is 43.7). Que possamos, então, desempenhar o nosso papel como verdadeiros adoradores e não como ministradores do antropocentrismo envolto de uma autoajuda barata e falsa. Deixem-nos nossas necessidades de lado e busquemos o louvor excelso para o Criador. Ele sim, merece!

Aproveitando a publicação do artigo indico o livro do Pastor Ciro Sanches Zibordi, Erros que os Adoradores devem evitar, publicado pelo CPAD.
Com uma visão mais aprofundada, pastor Ciro mostra a faceta falaciosa do antropocentrismo nos hinos. Vale a pena!

Em Cristo, aquele que ainda pode inspirar músicos para fazerem hinos cristocêntricos.

Weder F. Moreira

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

A Parábola do aluno-ovelha perdida

A Parábola do aluno-ovelha perdida

"Então, lhes propôs Jesus esta parábola:

Qual, dentre vós, é o professor da EBD que, possuindo cem alunos e perdendo um deles, não deixa na sala os noventa e nove e vai em busca do que se perdeu, até encontrá-lo?
Achando-o, põe-na sobre os ombros, cheio de júbilo.
E, indo para a igreja, reúne a direção da escola, os demais professores e os alunos das outras classes, dizendo-lhes: Alegrai-vos comigo, porque já achei o meu aluno perdido.
Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no céu por um aluno que se arrepende do que por noventa e nove alunos que não necessitam de arrependimento."


(Lucas 15.3-7, adaptado por Altair Germano)


Neste início do século XXI, milhares de alunos de Escolas Bíblicas Dominicais continuam se perdendo, sem que muitos professores tomem a iniciativa de ir em busca deles.


Posso citar alguns fatores que cooperam para isso:


- Indiferença pelas vidas preciosas, resultado da falta do verdadeiro amor cristão;


- Salas de aula com muitos alunos, onde a perda de um não faz diferença alguma para o professor;


- Foco do processo ensino-aprendizagem, nas estruturas, nos recursos materiais, tecnológicos e financeiros, no planejamento, nos métodos (nas coisas) e não nas pessoas;


Que o mestre dos mestres, o Senhor Jesus, seja para todos nós professores de EBD, um exemplo a ser seguido na busca do aluno-ovelha perdido.

Pr. Altair Germano - Blog do Altair Germano







domingo, 21 de novembro de 2010

2º Fórum Teológico da FAETAD - Campinas

2º Fórum Teológico da FAETAD - Campinas

Amados e queridos leitores deste singelo blog, quero agradecer a todos que oraram por minha viagem à Campinas, pois, pela graça de Deus quase tudo ocorreu como planejado. Digo quase tudo pelo fato de eu e meu companheiro pastor Valderci, termos errado o caminho e também termos a "satisfação" de encontrarmos o pneu do nosso carro furado. Foi uma bênção!


Apesar desses contratempos, tivemos um evento magnífico. Fiquei estupefato quando vi a estrutura física do campus da EETAD/FAETAD, é realmente esplêndida e os irmãos verão nas fotos abaixo que não estou exagerando.
As palestras foram expecionais. Só quem foi sabe o que estou dizendo. Ademais, o evento proporciona muito mais do que conhecimento, invoca o envolvimento dos inscritos.
O que dizer dos ensinadores? A única coisa que posso dizer é que não é todo dia que se têm aulas, ensinos, cultos com homens tão gabaritados... e para completar, não é todo dia que se toma café, almoça e janta ao lado de Pastores como Antônio Gilberto e Ezequias Soares, só para citar alguns (veja que previlégio).


Bom, na verdade tenho muito a contar sobre o evento, mas as fotos falaram por si só.
Pastor, mestre Antonio Gilberto e eu

Plénário do 2º Fórum Teológico


Pastor Antonio Gilberto ministrando sobre a inerrância e métodos de interpretação bíblica

Novamente pastor Antonio Gilberto e eu


Pastor Josué de Campos, Diretor da Faetad/Eetad

Refeitório do Campus Dr. Bernhard Johnson

Pastor e Professor Alberto Fonseca, ministrando sobre os testemunhos históricos a favor da Bíblia
Alojamento Masculino

Alojamentos

Pastores Valderci, Alberto Fonseca, Esequias Soares e eu

Os três palestrantes no período de debates sobre os temas estudados: Pastores Esequias Soares, Antonio Gilberto e Alberto Fonseca.

Eu ao lado do monumento erguido em homenagem ao Pr. Dr. Bernhard Johnson

Eu, Pastores Esequias Soares e Valderci
Pastor Esequias Soares assinando o seu livro Septuaginta para mim

Jardim de descanso do campus

Eu recebendo o diploma das mãos do pastor Josué de Campos

Pastor Antonio Gilberto e sua digníssima esposa irmã Iolanda, ladeados por mim e pastor Valderci

Pastores Esequias Soares e Antonio Gilberto caminham no campus

Eu, Pastores Josué de Campos e Valderci

Pastor Esequias Soares ministrando sobre a construção do cânon Bíblico

Eu, Pastores Gunnar Berg e Valderci
Maquete do Campus Teológico Dr. Bernhard Johnson

Vista ampla dos alojamentos

Mestres Esequias Soares e Antonio Gilberto no debate da temática
Eu em frente ao jardim do campus

Monumento em homenagem ao Pr. Dr. Bernhard Johnson

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Justificativa

Justificativa

Caros leitores,

Quero-lhes informar que nos dias 18, 19 e 20 deste mês, não postarei nenhum artigo inédito. O motivo é que estarei em viagem para Campinas-SP, em um evento de extrema importância.
Após minha chegada voltaremos à ativa. Contarei as novidades da viagem, bem como postarei algumas fotos.
Espero que entendam.
Orem por mim, pois viajarei amanhã.


Cordialmente,

Weder F. Moreira

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Você sabia que Jesus vai voltar?

Você sabia que Jesus vai voltar?


Hoje fiquei surpreso e atônito, descobri que Jesus Cristo irá voltar um dia.
Sim, sabe aquele Jesus que sempre ouvimos os "pregadores" ministrar? Aquele que mais parece servo do que Senhor? Aquele que sempre que ordenamos nos abençoa? Aquele que  buscamos só para ser prósperos ou receber um milagre? Pois é, ele mesmo. Fiquei sabendo hoje que ele vai voltar e ao que tudo indica, não vai demorar.
Ele irá voltar para buscar um tal de povo preparado. Remido. Lavado no Seu sangue. Esse tal de povo preparado irá morar com ele em um lugar chamado céu. Pois é amigo leitor, existe um tal de céu! Lá não há tristeza, dor, muito menos provações e o melhor de tudo é que lá tudo é de ouro, jaspe e todas preciosidades de pedras. Mas, tem um porém, fiquei sabendo que lá só poderá entrar aqueles que estiverem dentro deste grupo chamado de preparados.  
Como fiquei sabendo hoje através de uma pregação, vou tentar ingressar-me no grupo dos preparados e candidatar-me para ser um cidadão do céu. Espero que você também faça o mesmo. Mas, antes de ir quero-lhe contar uma verdade que irá espantar-lhe.
Esse Jesus, ele não é servo, ele é Senhor. É ele quem manda, nós apenas obedecemos. E agora, o pior. O céu, meu amigo, não é na terra, nem as riquezas que nós buscamos, nem nossas mansões, e o pior que também não é nossos carrões. O verdadeiro céu transpõem todas essas coisas banais e efêmeras. O céu é paz e vida eternal!

As frases supracitadas formam apenas um texto irônico. Não condiz com o real e tem por objetivo mostrar a reação de uma pessoa diante de uma pregação escassa nos nossos dias, a volta de Cristo.
Eu, amado leitor, sem muito bem que Cristo irá voltar, mas, existem alguns, até mesmo frequentadores deste blog, que não sabem ou esqueceram dessa verdade bíblica.

Infelizmente nossos púlpitos tem se tornado palanques de "pregadores" triunfalistas, adeptos da teologia da prosperidade, do liberalismo teológico e da confissão positiva. Existem até casos de "pregadores" ministrando a favor  da pluralidade religiosa.
Pregações cristocêntricas estão escassas. Falar do arrebatamento então é quase um ineditismo.

A pregação de nossos antepassados dizendo que Jesus salva, Jesus cura, Jesus batiza e em breve voltará, caiu em desuso e para alguns é uma mensagem completamente arcaica. Fugimos tanto de nossa origem que quase não sabemos mais quem somos  nem o que pregamos.

Precisamos voltar as nossas raízes. Buscar nossa identidade. Pregar novamente a nossa mensagem e não mais cair na "onda" do oba-oba, nem dos ventos doutrinários que fogem da Palavra de Deus. Esqueçamos as modinhas que nos cercam e preguemos não somente a Palavra, mas o Deus da Palavra.
Que os pregadores da atualidade percebam, lendo a Bíblia, que Jesus irá voltar. E que essa é uma verdade que precisa ser dita a todo momento, a qualquer pessoa.


Em Cristo, o Deus que em breve vem. Digamos Maranata!


Weder F. Moreira




Heróis da Oração - Dafaie

Heróis da Oração - Dafaie

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Diálogo entre Martinho Lutero e Francisco

Diálogo entre Martinho Lutero e Francisco
No dialogo fictício que se segue, temos o irmão Lutero e o irmão Francisco. Lutero é membro de uma igreja protestante histórica, já Francisco é membro da Congregação Cristã do Brasil (CCB).

Esse diálogo, embora fictício, reflete uma realidade incontestável. Veremos porque muitos cristãos hoje têm dificuldades em ver a CCB como uma igreja genuinamente cristã. A proposta aqui é que, embora o credo oficial da CCB não contenha heresias, a atitude observada entre seus membros e lideres não tem correspondido com seus pontos de fé, pontos que estão implícitos os ideais do Protestantismo Histórico. (Não compartilho da idéia que a CCB seja uma seita. Porém, não posso deixar de pensar que seja uma igreja com atitudes exclusivistas. Em vários membros e lideres, nota-se que a salvação está vinculadas ao batismo lá realizado.)

Leia o diálogo clicando aqui...



quinta-feira, 11 de novembro de 2010

CPC - Complexo Pedantismo do Conhecimento

CPC - Complexo Pedantismo do Conhecimento

Tenho sido, nos últimos tempos, um atento observador das relações humanas. Em uma das minhas investigações percebi que o ser humano é acometido de uma séria síndrome.
Como já vinha meditando há algum tempo sobre o assunto, aprouve Deus, escrever este artigo para alertar os amados leitores sobre o Complexo de Pedantismo do Conhecimento - CPC.
Estamos cientes que o século XXI, é comumente conhecido como o século da informação e do entendimento; sabemos que milhões de reais foram gastos em educação de nível fundamental, médio e superior, e que o governo federal tem investido muito para que todas as classes sociais tenham condições iguais de acesso ao conhecimento e ao saber.
Mediante isso, há nos dias atuais uma crescente na formação cultural e educacional da população. E isso é bom!
E apesar de ainda faltar muito para nosso país alcançar os níveis ideais, estamos no caminho certo.

Até mesmo na igreja, temos visto que o grau de instrução tem aumentado; outrora tínhamos poucos estudantes, universitários, catedráticos. Porém, esses aspectos têm mudado com o decorrer do tempo. 
Hoje vemos em nossas reuniões dezenas de pessoas que estudam, formaram e tem um curso superior, e isso também é bom! 
Entretanto, existe um dilema nisso tudo, o CPC (Complexo Pedantismo do Conhecimento).

Creio que você está um pouco ávido para saber o que é e o que significa o tal CPC. Vejamos, primeiramente, o significado de Pedantismo, para depois adentrarmos na essência do assunto.
De acordo com o velho e bom dicionário Aurélio, pedantismo é: pessoa que ostenta erudição rebuscada. Ou seja, pessoa que exibe seu conhecimento ostensivamente. Sabido isso, vamos adiante.
O CPC consiste no problema de pessoas que adquirem um certo conhecimento e se esbanjam ostensivamente e pedantemente. É, na linguagem popular, o "cheio de nove horas".
Hoje é um tipo de pessoa fácil de se encontrar, principalmente, nas igrejas. É o tipo que entende e sabe de tudo, mesmo que, na maioria das vezes, não sabe nada; para entendermos o CPC basta notar se a pessoa se esbanja para colocar-se acima das pessoas, ela considera-se superior por ter um conhecimento a mais. Você, amigo leitor e amiga leitora, sabe que existem pessoas assim, até mesmo na igreja, onde todos são nivelados perante o Senhor.

Quantas vezes tenho notado pessoas com um certo conhecimento, reprovarem o irmão humilde - e até mesmo o pastor, que as vezes não tem nem um curso teológico. Aliás, já vi pessoas recusarem a mensagem de Deus, porque simplesmente, o ministrante não tinha um português correto, nem um vernáculo bonito e muito menos uma oratória perfeita, creio que o leitor também já notou pessoas assim. Isso é um pena!
Ainda bem que Deus não olha para a aparência e sim para o coração (1 Sm 16. 7).
Há pessoas com excesso de pedantismo; se acham melhores em tudo, as vezes esquecem que Deus capacita, outorga e, essencialmente, derrama a graça sobre os humildes. Será eu e você um CPC?
Que Deus venha ter misericórida de nós, pois bem sabemos que Deus abate os exaltados e levanta os humildes (Ez 21. 26).

Não estou dizendo que não se deve buscar o conhecimento, não, pelo contrário, busquemos sim, pois, a Palavra de Deus nos mostra que o povo sido destruído por falta de conhecimento (Os 4. 6); a bíblia também relata que é necessário crescer na graça e no conhecimento (2 Pedro 3.18). O que quero propor é um respeito recíproco, para que venhamos entender a voz de Deus através do irmão iletrado, como também do irmão catedrático. Que venhamos ter equilíbrio e tirar, principalmente do meio da Igreja, esse tipo de arrogância.

E mesmo que tenhamos um conhecimento maior que o nosso irmão, o respeitemo-nos uns aos outros, pois, com certeza, não somos entendidos em tudo, façamos o que recomenda o apóstolo dos gentios em Filipenses 2.3.

"... ao único Deus, sábio seja dada glória..." (Rm 16. 27)

Weder F. Moreira







  

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Entevista Max Lucado - Cristianismo Hoje

Entevista Max Lucado - Cristianismo Hoje
Já se disse – e é verdade – que a unanimidade é perigosa. Por isso mesmo, dizer que todo mundo gosta do escritor americano Max Lucado pode ser arriscado. Mas, com certeza, é algo bem próximo da realidade. Autor consagrado por mais de 60 livros que venderam algo perto de 50 milhões de exemplares em todo o mundo, ele é um fenômeno das letras cristãs. A abrangência de sua obra pode ser avaliada pela diversidade dos temas que aborda.


segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Livros que indico

Livros que indico: Mártires do Coliseu

Como havia prometido, iniciaremos hoje a seção que indica alguns bons livros.

O livro indicado hoje é de suma importância para um cristão que preza por uma vida espiritual sadia.
O livro Mártires do Coliseu, editado pela CPAD, cujo autor é  A. J. O'Reilly, conta a história de alguns cristãos que viveram e foram martirizados no grande Coliseu, na cidade de Roma, por manterem sua fidelidade à Cristo.
O autor que viveu no século XIX, era historiador aprofundado no assunto, por esse fato há garantias da confiabilidade dos fatos.
Iniciando o livro com o motivo pela qual foi construído o grande Coliseu, o autor fornece, além de informações da cristandade primitiva, fatos históricos da época do império romano e alguns detalhes dos césares.
Além disso, O'Reilly conta histórias de homens que foram de extrema relevância para a propagação do evangelho até os nossos dias, pois como disse Tertuliano: "O sangue dos mártires é a semente dos cristãos. Histórias como a de Inácio, Priscila e o pequeno Marino, nos emocionam e nos revelam o quão sofrido foi aquela época. Entretanto o autor ao contar os fatos, nos condiciona, cristãos do século XXI, a refletir sobre como estamos servindo a Deus. Será que se vivessemos naquela época, morreríamos por amor à Cristo?

Vale a pena ler.

Este livro é encontrado nas melhores livrarias do país ou pelo site da editora CPAD.


Cordialmente,

Weder F. Moreira

Pastor Enoque já foi liberado da prisão

Pastor Enoque já foi liberado da prisão

O Pastor Enoque foi liberado da prisão após ter sido constatado que o motivo da sua prisão na sexta-feira era ilegal e sem justa causa. A penalidade imputada ao fato era afiançável e da alçada do Juizado de Pequenas Causas Criminais.

No sábado ele já estava na casa de um amigo buscando refúgio em oração.
Segundo informações da localidade, a prisão foi motivada por uma representação policial de autoria do Bispo Manoel Ferreira, alegando entre outras coisas: uso de “imagem indevida de terceiros”, afirmações caluniosas, injuriosas, difamatórias, sobre o caso conhecido como Reverendo Moon e Bispo Ferreira.

Oremos por ele, bem como sua família.

sábado, 6 de novembro de 2010

Pastor Enoque Lima é preso por denunciar caso entre Rev. Moon e Pr. Manoel Ferreira

Pastor Enoque Lima é preso por denunciar caso entre Rev. Moon e Pr. Manoel Ferreira

Após denunicar o envolvimento do Pastor Manoel Ferreira, presidente das Assembleias de Deus Ministério Madureira, com o Reverendo Moon, presidente da seita Igreja da Unificação, o Pastor Enoque foi preso na cidade de Goiânia.

Para mais informações sobre o caso visite o blog do Julio Severo, clicando no link abaixo.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Cuidado: crentes casquinha de ovo

Cuidado: crentes casquinhas de ovo

A Igreja de Cristo nas últimas décadas enfrenta dificuldades imensuráveis - a Igreja sempre enfrentou problemas e dificuldades, em todas as eras, porém, nos nossos dias eles estão mais acentuado.
Além de ataques diretos de satanás, a Igreja também tem enfrentado perigos que falsos mestres tem levantado (II Pe 2.1), as falsas teologias adentram, sutilmente, no meio da Igreja do Senhor. Mas, um mal assombra ainda mais, é a síndrome do crente casquinha de ovo.

Antes de mais nada, quero aqui, esclarecer que este artigo não tem por objetivo apontar dedo para ninguém, é Deus que julga e conhece os corações ( I Sm 16.7; Salmos 4), ademais, quem sou eu para jogar a primeira pedra? (Jo 8.7).

Quando lemos a passagem em que escreve  João, o discípulo amado, no capítulo 6 e versículos 41 a 71, notamos algo muito interessante.
Após um discurso duro de Jesus aos seus seguidores, alguns dentre eles deliberaram ir embora, pois, para eles o discurso era inaudível. Para eles, o discurso foi ultrajante.
Para entendermos o contexto da passagem faz-se necessário uma sucinta explicação contextual-histórica.

No aludido capítulo, o Mestre Jesus está no apogeu de seu ministério. Ele, como diz Myer Pearlman no seu comentário, "Era o Homem do momento". A multidão que o seguia era grande, aproximadamente 5 mil homens exceto mulheres e crianças, segundo alguns estudiosos havia ali cerca de 15 mil pessoas ao todo. A influência de Jesus já era tamanha, sua popularidade era colossal. 
Alguns viam em Jesus um escape nacional, pois, a nação israelense estava subjugada pelo império romano. Para alguns de seus seguidores, Jesus era o Messias político que iria libertar o povo e restaurar a nação. Percebendo Jesus o que passava na mente do povo, decidiu pregar um sermão na qual mostrava o que realmente era Seu Ministério terreno - o de restaurar vidas, alimentar suas almas espiritualmente com o pão da vida e mostrar-lhes a salvação eterna. Quando alguns depararam com este Messias, assustaram. Os desertores pensaram segundo Pearlman : "Se é assim o Messias, não queremos saber dele".
Simplesmente foram embora porque o discurso não lhes era favorável. Agiram como discípulos casquinha de ovo, ou seja, que se quebra fácil.

Enquanto lia esses versículos notei o quão atual é sua mensagem. Nossas Igrejas estão cheias de crentes como os discípulos desertores, casquinha de ovo. A Palavra, para esses, não pode vir dura, jamais! Eles se machucam, se ofendem se a Palavra for dura. Querem uma mensagem mais apropriada para eles, do contrário, irão para  outra igreja. É assim a mentalidade de alguns discípulos de hoje; não querem mais deixar a Palavra moldar o seu coração, eles preferem moldar a Palavra.

Aos que pensam igual aos discípulos que abandonaram Jesus, digo-lhes: Cuidado! Jesus é o único Caminho que leva ao Pai (Jo 6.47).
Ponderem! Deus não trabalha conforme a nossa vontade. Ele fala aquilo que necessitamos ouvir, mesmo que isso venho-nos machucar, pois, Deus corrige a quem Ele ama (Pv 3.12). 


Em Cristo, o Deus que faz separação entres os verdadeiros discípulos e os seguidores casquinha de ovo.

Weder F. Moreira


terça-feira, 2 de novembro de 2010

PASTOR YOUCEF NADARKHANI É SENTENCIADO A MORTE NO IRÃ

PASTOR YOUCEF NADARKHANI É SENTENCIADO A MORTE NO IRÃ


A Comissão Americana para a Liberdade Internacional Religiosa - USCIRF expressou preocupação pelo caso de um pastor cristão que está preso a mais de um ano e recentemente foi ameaçado de execução por "apostasia". A comissão exortou a Administração do governo Obama para pressionar pela sua libertação incondicional.


Este caso é mais uma evidência de que não há transparência ou justiça no chamado sistema "legal" iraniano para as minorias religiosas, disse o Sr. Leonard Leo, diretor da Comissão. A administração Obama deve continuar falando alto, no mesmo tom da Secretária de Estado Hillary Clinton falou em agosto para as minorias iranianas. A pressão internacional causa impacto no Irã, e o regime tem mostrado leniência em alguns casos em que há escrutínio internacional.


Youcef Nadarkhani, um pastor do Norte do Irã, foi preso [prisão de Lakan] em outubro de 2009 depois que ele questionou o monopólio muçulmano no ensino religioso que seus filhos estavam recebendo na escola, argumentando que a Constituição do Irã permite criar os filhos na fé de seus pais. O Pastor Nadarkhani, e mais tarde sua esposa, Fatemeh Passandideh, foram acusados de apostasia. Enquanto sua esposa foi solta no começo deste mês, depois de quatro meses de prisão, de acordo com fontes iranianas o Pastor Nadarkhani foi acusado, declaradamente julgado, e informado verbalmente que ele vai receber pena de morte, embora nenhum nenhum veredito formal tenha sido emitido.


Durante o anos passado, os registros da combalida liberdade religiosa do governo iraniano deterioraram, especialmente quanto às religiões: baha'is, cristã e muçulmanos Sufis. Agressões físicas, aborrecimentos, detenções, prisões, intensificação de aprisionamento. Mesmo as minorias religiosas não-muçulmanas reconhecidas, como Judeus, arminianos e Cristãos Assírios e Zoroastrismo, protegidos sob a constituição iraniana têm enfrentado crescente discriminação e repressão. Desde a disputa eleitoral de junho de 2009, o governo iraniano tem intensificado sua campanha contra as minorias religiosas não muçulmanas.


Este modelo de prender e prejudicar as minorias religiosas, combin ado com a retórica inflamadado presidente Ahmadinejad e outros líderes não tinha sido vistas desde os primeiros anos da revolução iraniana. Disse o diretor da USCIRF, Sr. Leonard Leo.


O fator tempo é essencial neste caso. A vida deste Pastor está por um fio. Nós comclamamos nosso governo e a comunidade internacional para pressionar e cobrar a libertação e assegure que não vai tomar ações extremas neste caso nem em outros semelhantes a este.


Fonte: Persecution.org


Comentário: A pedido irmão Felipe Ribas, pesquisei este assunto direto na fonte; estou repercutindo no blog Olhar Cristão. O nome deste pastor precisa ser espalhado para tudo enquanto é espaço vitual. Quanto mais conhecido ele for na comunidade internacional, maiores as chances dele não ser executado no Irã. Esta tradução está disponível para todos os que quiserem colaborar nesta causa.' (João Cruzué). Quem sabe o presidente Lula possa apresentar esta causa ao seu "colega" do Irã.

Fonte: Blog Olhar Cristão

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Entrevista Russel Shedd - Cristianismo Hoje

Entrevista Russel Shedd - Cristianismo Hoje

Leia a entrevista de Russel Shedd, um dos maiores teólogos vivos em nosso país, ao Portal Cristianismo Hoje. Vale a pena conferir.

Cordialmente,

Weder F. Moreira

Dilma Roussef - Eleita Presidente do Brasil

Dilma Roussef - Eleita Presidente do Brasil

Com 56% dos votos válidos, DILMA ROUSSEF foi eleita hoje, a 40a. Presidente da República Federativa do Brasil, e também a primeira mulher a assumir o referido cargo.

Candidata do PT - Partido dos Trabalhadores, com apoio total do atual Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Roussef venceu José Serra do PSDB, que obteve cerca de 43% dos votos.

Conheça a biografia completa de Dilma Vana Roussef, publicada no Blog Olhar Cristão de João Cruzue.

Como servo de Deus, a partir de agora cumpro o papel de interceder pela presidente eleita, rogando ao Senhor que lhe dê a sabedoria necessária para conduzir os rumos do poder executivo da nação brasileira, e sei que os cristãos de maneira geral cumprirão este papel.

Isso não isenta toda a nação brasileira de estar atenta aos acontecimentos, vigilante para com a manutenção dos princípios que nos são afetos, os quais ficaram bem claros durante a campanha a ponto de levarem a decisão do pleito para um inesperado segundo turno.

Que se cumpra o prometido e que o congresso nacional e os brasileiros fiscalizem isso para o bem do Brasil

Parabéns à Dilma Vana Roussef, presidente eleita do Brasil

"Toda pessoa esteja sujeita as autoridades superiores, pois não ha autoridade que não venha de Deus. As autoridades que há foram ordenadas por Deus." - Romanos 13 vs 1



Fonte: Blog Point Rhema