sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Como preparar um sermão expositivo

Como preparar um sermão expositivo

Pregar a Palavra de Deus é, sem dúvida alguma, uma tarefa honrosa e gratificante. Todavia, não é fácil expor com clareza e profundidade as Santas Letras. Nos dias atuais carecemos de expositores bíblicos ungidos e profundos, biblicamente falando. Há um desequilíbrio grande entre nós, pregadores atuais, concernentes a isso, há sempre a polarização dos extremos, ou apenas unção ou apenas conhecimento. O que, de fato, é um erro, devemos buscar e estabelecer o equilíbrio, pois essas duas coisas jamais devem andar divorciadas. A união das duas coisas saciara o rebanho espiritualmente, emocionalmente e intelectualmente. A Palavra tornará a ser mais eficaz do que uma espada de dois gumes. 
Mas, como alinhar as duas coisas? Como preparar um sermão que una as duas coisas? 
É aqui que entra o modo de se pregar expositivamente. O sermão expositivo tem a capacidade de trazer tanto o lado profundo das Escrituras, como também dá a evasão para o lado espiritual da pregação, a parte que cabe a unção, a capacitação especial do Espírito Santo na transmissão das verdades inabaláveis da Bíblia Sagrada.

Pregar expositivamente, nada mais é, do que expor a porção da Escritura selecionado, mas expor o que? Expor a ideia do autor do texto e mediante isso aplicar as ideias do autor inspirado. O nosso grande erro é querer extrair do texto nossa visão a respeito daquilo, ignorando o que o autor bíblico queria dizer realmente com aquela passagem, quando fazemos isso, forçamos uma interpretação equivocada do texto e pregamos uma ideia que o texto não transmite.
Portanto pregar expositivamente é explicar o texto segundo a ideia real que o autor inspirado queria dar e aplicar aquela ideia aos ouvintes. Trocando em miúdos, é explicar e aplicar. 
Mediante isso, quero ajudá-los a preparar um sermão expositivo, e a medida que você for colocando em prática na preparação dos seus sermãos e na pregação de suas mensagens, perceberá resultados melhores, pois sua exposição bíblica tornará sua mensagem mais eficaz.

1) Deve-se escolher um texto bíblico.
Você deve escolher um texto bíblico, este texto poderá ser um versículo, um parágrafo, capítulo ou até mesmo uma única palavra. Ao escolher o texto, deve-se ter em mente que o mesmo tem um obejtivo, o autor ao escrever aquele texto tinha em mente um objetivo. Ao descobrir e achar o objetivo do autor com aquele texto, comece a estabelecer o objetivo de sua mensagem. Pecamos muito aqui, uma vez que a maioria das mensagens não tem objetivo. Tenha sempre em mente o objetivo pela qual você está pregando aquele sermão. Uma mensagem com objetivo surtirá o efeito esperado, pois ela será direcionada para o alvo certo pelo Espírito Santo.

2) Conheça o texto, familiarize-se com o texto.
Uma vez que o texto está escolhido, então é hora de conhecê-lo, ler e reler várias vezes. Uma mensagem poderosa e profunda não sairá em cinco minutos, levará tempo. Alguns estudiosos dizem que para um bom sermão deve se gastar 6 horas meditando, lendo e relendo o texto sacro. Ou seja, gasta-se tempo, mas vale a pena... Uma dica particular é, leia os capítulos anteriores ao texto selecionado e também os capítulos posteriores, se você ainda não entendeu a passagem na qual você está estudando, então leia o livro inteiro. É importantíssimo que nessa fase de preparação e leitura você não leia nenhum comentário bíblico a respeito da passagem, nenhuma nota de rodapé em bíblias de estudo. Aqui é você mesmo descobrindo as pérolas.

3) Anote suas meditações e seus pensamentos. 
Sem o auxílio de comentários e subsídios teológicos que te ajudam a entender a passagem, você irá meditar no texto. O que é meditar? É concentrar pensamentos, é remoer. O conceito de meditar é algo muito abstrato para nós, irei, portanto ilustrá-lo. Pense em uma vaca se alimentando do capim, ela ao mastigá-lo não o engole imediatamente, mas sim, remói. Meditar é isso, é remoer, até extrair tudo do texto. Ao meditar e ter seus pensamentos sobre o texto, anote. Tenha um cardeno ao lado sempre. Anote todos os pensamentos, dos melhores aos piores pensamentos, dos inteligentes aos pensamentos mais "idiotas", eles serão úteis para a preparação do seu sermão. O segredo de uma mensagem profunda é o tempo que você gasta pensando e meditando nela.

4) Enriqueça seus pensamentos.
Agora sim, você irá pegar todo o material disponível para auxiliar sua visão do texto, comentários bíblicos, dicionários, bíblias de estudo, livros e etc. O bom pregador deve investir nesses materiais sibsidiários, deve ser também um assíduo leitor, a fim de que sua mente transite por várias ideias e possibilidades. 
Você já escreveu seus pensamentos e irá enriquecê-los com os pensamentos de outros. 

5) Organize as anotações e prapare o esboço.
Um sermão é constituído de introdução, desenvolvimento e conclusão. Você já tem as anotações, agora precisa organizá-las, irá descartar ideias que não tem nada a ver com o objetivo de sua mensagem. Irá preparar os argumentos de sua mensagem, os pontos importantes e começará a pensar na conclusão. 

6) Estabeleça uma conclusão para sua mensagem.
Nos dias atuais poucas mensagens chegam a uma conclusão. Se você tem um objetivo em sua mensagem, então é necessário que você leve o público ao objetivo preparado. Se o objetivo de sua mensagem é batismo com o Espírito Santo, então faça a conclusão de modo que o povo seja encaminhado a isso. 

Feito isso, deixe o Deus da Palavra agir. Se você é um pregador que tem vida no altar, vida de oração, jejum, santidade, e devoção no estudo da Palavra e preparação da mensagem, prepare-se, pois você colherá resultados inesperados para a glória de Deus. 
Espero que tenha ajudado, meu objetivo não é trazer uma fórmula mágica, mas sim, ideias práticas a fim de que você desenvolva e enriqueça esses próprios métodos apresentados.


Cordialmente,

Weder F. Moreira

4 comentários:

  1. obrigado pela ajuda meu irmão foi de muito valor para mim. que o Senhor continue iluminando a sua mente e coração em nome de jesus. a paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  2. A PAZ PASTOR EU TENHO QUE MEDITAR VERSICULO A VERSICULO?

    ResponderExcluir